A aplicação de uma carga elétrica às partículas mais finas que compõem um aerossol, tem sido uma técnica utilizada para realizar a determinação de suas diferentes propriedades físicas, principalmente massa ou população. Assim, ao longo de várias dezenas de anos, foram desenvolvidos dispositivos e algoritmos que permitiram obter informações nunca antes disponíveis e necessárias para compreender os mecanismos de formação, reatividade e seus efeitos sob os ambientes expostos a tais aerossóis. Basicamente, tratava-se de superar as limitações apresentadas pelas técnicas tradicionais: óticas, gravimétricas e extinção de radiação beta, quando se pretendia conhecer as partículas mais finas.

cd4df8dfca1d36a72d563642c5cec0a6Um dos procedimentos mais amplamente utilizados desde meados dos anos 50 do século passado, foi a classificação por classes de tamanhos aerodinâmicos das partículas em colunas de fracionamento, que deram origem ao que conhecemos como impactador de (ou em) em cascata.

No início dos anos 90 do século XX, a Universidade de Tampere (Finlândia) projetou um instrumento que combinava ambas as tecnologias: a aplicação de uma carga elétrica a um aerossol e sua classificação por classes de tamanho em um impactador. Cada um dos estágios de fracionamento funcionava como uma célula de Faraday e um eletrodo para cada estágio era responsável por medir a variação da corrente elétrica que foi produzida como resultado da deposição de partículas eletricamente carregadas sobre elas.

A DEKATI, Ltd., obteve a patente e iniciou a fabricação do referido dispositivo sob a denominação de ELPI (Electrical Low Pressure Impactor). O projeto original foi mantido por quase 20 anos, apoiado pela facilidade de manuseio, robustez e versatilidade graças ao seu extraordinário campo dinâmico de medição, é possível usá-lo em medições de emissões de chaminés, motores e qualidade do ar, bem como, a confiabilidade de seus resultados em todas essas áreas.

alta_temperatura_fundamento

Mais recentemente, no final da década passada, uma nova geração destes instrumentos foi desenvolvida: a série ELPI+, com maior sensibilidade, frequência deplot_2 amostragem de sinal de 10Hz e mantendo as características operacionais que fizeram de seupredecessor um instrumento de preferência pela comunidade científica em todo o mundo, principalmente devido aos seus baixos custos operacionais e sua velocidade de operação, em questão de poucos minutos. A flexibilidade do último design levou a duas versões que ampliam e facilitam de forma significativa os campos de trabalho em tudo relacionado à ciência e tecnologia de aerossóis: o modelo HT-ELPI+ com aquecimento do impactador a uma temperatura de até 180 ºC e HR-ELPI+ com os quais é possível definir 15, 100 ou 500 canais de medição com uma precisão e estabilidade sem precedentes e tempos de resposta extraordinariamente baixos.

 

Como complemento ao exposto acima, a DEKATI, Ltd., projetou diferentes dispositivos que podem ser usados acoplados a outros instrumentos ou à série ELPI+: Impactadores de 2, 3 e 4 estágios, Ciclones, Termodenuders e diluidores. Esses últimos instrumentos, diluidores, estão disponíveis em duas categorias: os baseados em bombas ejetoras, em um ou dois estágios, com ou sem aquecimento, com tubos de residência ou catalíticos para eliminar os voláteis e o diluidor FPS4000 que também funciona em duas etapas, mas em que um deles é um tubo poroso que funciona como um ejetor de bombas de múltiplas saídas. Este design permite trabalhar com relações de diluição variáveis, o que amplia sua aplicabilidade de forma extraordinária. Tudo isso de forma programada, usando controladores de fluxo de massa para obter as diluições mais precisas.

di-funcionamiento